Associação Orquestra Filarmônica de São Carlos
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

Nossa história

 

Criada em 2007, com a iniciativa do músico, produtor cultural e regente, Douglas Gomes e com direção artística da maestrina Flávia Bombonato, desde então obteve excelentes resultados a partir de uma aliança estratégica com o patrocinador, tornando-se, já na primeira temporada, referência musical na região central do Estado de São Paulo no desenvolvimento musical e cultural para milhares de pessoas, incluindo jovens e adolescentes.

Realizou concertos em diversas cidades do interior paulista, na capital e em Minas Gerais.

Em 2011, fez a estréia paulista da "Suite Scarpin" do compositor Arthur Barbosa, que presente ao concerto declarou: "Obrigado por estar presente e ver esta talentosa orquestra tocando minha obra".

No mesmo ano, realizou uma grande "Cantata de Natal", com o apoio do São Carlos Clube, juntamente com 150 crianças e adolescentes do Projeto Guri da Região de São Carlos.

Em janeiro de 2012, participou como convidada do Festival Música nas Montanhas em Poços de Caldas, com grande sucesso de crítica e público e, no mesmo ano, entrou para história ao realizar dois concertos com o Oratório Society of New York no Auditório Ibirapuera em São Paulo. Considerado o coral mais antigo dos Estados Unidos, o OSNY foi regido, em sua estréia, por Tchaikovsky e sua sede é o Carnegie Hall. Além disso, a Orquestra Filarmônica de São Carlos realizou duas estreias mundiais com os concertos "Um Cais para o Caos" e "Chamaleon", ambos do compositor brasileiro radicado nos Estados Unidos, Ricardo Calderoni.

Além de sua Diretora Artística e Regente Tiular, a OFSC foi regida pelos maestros Dario Sotelo (Brasil), Ricardo Cardim (Brasil), Jean Reis (Brasil), Kent Tritle (EUA) e David Rosenmeyer (EUA).

Recebeu os solistas Fábio Zanon (Brasil), Luis Afonso Montanha (Brasil), Jamet Pittman (EUA), Malena Dayen (EUA), John Tiranno (EUA), Joshua South (EUA), Ivan Vilela (Brasil), Danilo Mezzadri (EUA) e Susana Ruggiero (EUA), além de solistas da própria orquestra, como Ricardo Palmezano, Luciana Caixeta, Hanry Dawson, Igor Nogueira, Rafael Cesário, Elen Ramos, entre outros.